Baquetas.Net

DICAS PARA CONSERVAÇÃO DAS SUAS BAQUETAS

15/05/2015



Qualquer baqueta, por melhor que seja, terá sua vida útil proporcional ao seu tempo de uso e a maneira como é utilizada. Porém, imprevistos podem acontecer. Relacionamos algumas dicas que ajudam você a evitá-los:

1 - Em casa, no estúdio ou nos shows, evite guardá-las colocando outros objetos mais pesados sobre elas. Evite umidade ou excesso de calor. Portanto, se você é um baterista que transpira muito nas mãos enquanto toca, ao terminar, passe um pano seco. Não as deixem expostas ao sol intenso nem invente de secar a umidade colocando-as ao forno! Seque-as na sombra com bastante ventilação.

2 - Assim que você terminou de tocar, guarde os pares nas cartelas. Caso você não tenha, utilize elásticos ou qualquer outro material e compartimento que mantenha o par unido, pois tocar com baquetas que tenham desgaste nas mesmas proporções também ajuda na conservação.

3 - Embora muitos bateristas tenham pegada e/ou técnicas muito peculiares dentro de um estilo musical, lembre-se que baquetas finas, como uma 7A, geralmente não agüentam muita pancada. Elas são feitas para estilos mais suaves, como o jazz, pois proporcionam maior leveza e rapidez. Para estilos pesados, como o hard-rock, prefira baquetas mais grossas, como uma 5A, 5B, 3A, 2B...

4 - Estude diferentes técnicas para aplicação de rudimentos. É muito provável que você consiga atingir um bom volume, sem ter que exigir demais da resistência das suas baquetas (e peles).
 
Fonte: Baquetas Liverpool
 
 
 

:: Voltar