Baquetas.Net

A Anatomia de uma Baqueta

10/12/2008





Como o corpo humano a baqueta possui uma anatomia bem definida:

O Corpo: É a parte maior da baqueta, e seu comprimento e diâmetro determinam sua proposta, podendo ser pesada, média, leve, longa ou curta.

O Pescoço: Personaliza a baqueta.
O maior comprimento oferece flexibilidade, mais rebote e velocidade.
Baquetas com pescoço curto proporcionam menos flexibilidade, menos rebote, porém geram mais força, volume e resistência na área de ataque.

O Ombro: Une o corpo ao pescoço.
Sua posição dentro do comprimento determina o ponto de equilíbrio e a pressão que a baqueta pode exercer sobre os tambores.

O Cabo: Com seu perfil ligeiramento arredondado, também pode ser usado para tocar, produzindo um som grave e pesado.

A Cabeça: ou ponta é a menor parte da baqueta e carrega toda a responsabilidade de tranformar o movimento em som.
Como área de atrito, sua função é crítica.
Portanto, cabeças bem desenhadas e com precisão no corte de seus perfis são fundamentais para a qualidade sonora nos pratos e tambores.

Apoio: http://www.ultraseal.com.br

:: Voltar